Minha essência

Convidar pessoas para compartilharem suas histórias de vida é algo que me deixa mais apaixonada pelo o que faço. Isso porquê encontro e conheço pessoas incríveis e com trajetórias sensacionais que me fazem seguir no meu caminho e aí penso, essa história também vai ajudar muitas pessoas que querem encontrar e fazer aquilo que amam.  A convidada desse mês é uma pessoa que logo que a conheci senti que ela tem amor pelo o que faz e está aqui para nos ajudar! Venha conhecer a Cárlei e se inspirar também.

Nem acredito que consegui, mas fiz muitas mudanças pra viver uma vida com significado.
Quando recebi o convite da Juliana (minha xará de sobrenome) pra falar sobre amar o que faço, adorei de cara.
E agora acabei de me deparar com um documento em branco repleto de espaço pra refletir sobre tudo o que aconteceu.
Vou começar do começo:

Desde pequena fui desse meu jeito, falante, curiosa sobre os causos das pessoas, a fim de descobrir o mundo. E desde então minha mãe amada sempre dizia: a Cárlei? Vai ser uma excelente advogada, olha só como fala bem!
Aos 17 anos, momento de fazer a crucial decisão para o vestibular, meu coração balançava pelo jornalismo, ou publicidade, ou química… Mas a voz da minha mãe e o orgulho do meu pai prevaleceram. E lá fui eu pro Direito. Conheci pessoas incríveis, que amo de paixão até hoje. Terninho, meia calça, sapato social. Queria ir pro direito criminal, achava aquilo incrível. Quando comecei a entender o que aquilo significava de fato, fugi!

Fui pra área cível, contratos, relações entre empresas e pessoas, empresas e empresas… A cada contrato avaliado ou processo lido, só o que me dava era sono. Verdade… Trabalhava como assistente de alguns juízes e eu tinha que ler todos os processos e fazer o resumo de cada um – era a primeira parte das sentenças. Me pegaram dormindo várias vezes… kkkkkk… além de ser uma época de baladas, o assunto não me atraía nadinha.

Aos 23 estava no último semestre e com uma vontade louca de fugir. Mas como e pra onde? Trabalhava no escritório de um professor incrível e não era bem assim avisar lá em casa que não queria mais.

Tudo o que eu tinha certeza era que a minha vida inteira eu teria que me dedicar a trabalhar e que qualquer que fosse o trabalho, ele exigiria de mim minha essência. E como dar 2h de deslocamento (uma média que eu fazia) + 1h de almoço + 8h/9h do meu dia para um trabalho boring??

Larguei tudo. Meu pai não falava mais comigo. Fui morar em Santa Maria pra ser locutora de rádio, mudei de novo, desta vez pra Floripa, pra ser bartender… Imagina meu pai!! De cabelo em pé… ele sofreu muito. Filha advogada e servindo cerveja. Foi meu ano sabático. Me diverti muito. Tive uma rotina vampira. Mas cansei. Queria ativar mais da minha capacidade intelectual. E então fui procurar uma pós-graduação.

Descobri o marketing. Me matriculei mas nem sabia do que se tratava… a minha cara fazer isso – acontece até hoje.
Amei na primeira aula. Meu olho brilhou, minha mente se aguçou e tive a certeza de que meu futuro seria nessa linha de pensamento.
De 2002 pra cá vivo o marketing no meu dia-a-dia. Me aprimorei, experienciei. Descobri o digital através do meu amor, o Júlio – ele chegou com esse papo lá em casa ali por 2005. Em 2009 resolvi me aprofundar no assunto e entendi o marketing digital como uma ciência que pode ser totalmente aplicada.
Minha vida se transformou. Leio os livros com sede deles. Consigo conectar as leituras com as atividades dos meus clientes. Dou aula sobre marketing digital por amor ao assunto e com a missão de aculturar pessoas a fim de atingirem resultados com seriedade e profundidade.

E é claro que tem alguns momentos em que fico cansada, me questiono sobre minhas atitudes e decisões. Eu sei que tô cansada quando olho pra moça que fica no caixa do supermercado e penso: essa aí tá tranquila. Chega a hora de encerrar o turno, fecha o caixa, confere se deu tudo certinho e acabou. Tá liberada. Eu levo o que aconteceu comigo ao longo do dia. Penso constantemente em como fazer melhor. Volto pra casa pra estudar soluções mais incríveis, definir estratégias que me orgulhem, implementações que sejam efetivas. Conheço diferentes mercados, fiz amigos que são pra vida inteira.

Não tem rotina e isso me encanta!
Amo o que faço, de verdade <3

Cárlei Nunes. Mãe de 2 tchus queridos e que crescem muito rápido, canhota que digita rápido. Mestre em Administração com ênfase em Marketing Digital. Especialista em Marketing. Gestora da Circulae. Apaixonada por netnografia. Organizadora do Startup Weekend Floripa. Com fé num novo modelo de negócio. 

“Inspirando homens e mulheres a fazerem o que amam todos os dias.” Quer saber como o coaching pode lhe ajudar? Me envie um e-mail juliananunes@dreamcoaching.com.br

Leave Your Comment